VK 844

Seguindo um delicado processo de fabricação artesanal, com madeiras nobres e componentes cuidadosamente selecionados, os modelos VK 844 e VK 845 estão no topo de nossa linha de violinos premium.

Além de sonoridade madura e apurada, esperada para um instrumento dessa categoria, o VK 844 oferece um belíssimo acabamento para quem busca a elegância dos instrumentos clássicos mais exclusivos.

violino profissional eagle master series vk844 frente verso

Especificações

TampoAbeto
FundoMaple (inteiro)
LateraisMaple
BraçoMaple
Micro Afinação4 cordas
Acabamento Verniz brilhante
EspelhoÉbano
EstandarteÉbano com “Olho Paris”
QueixeiraÉbano
CravelhasÉbano com “Olho Paris”
ArcoOctogonal com “Olho Paris” e crina animal genuína
Estojo
Super Luxo retangular com higrômetro
Acessórios inclusos
Espaleira e breu

Importante: Devido aos constantes aprimoramentos em nossa linha, o instrumento aqui demonstrado pode apresentar diferenças visuais e/ou de especificações técnicas quando comparado à versões anteriores que ainda estejam disponíveis no mercado ou expostas em websites de terceiros. Fotos e especificações técnicas apresentadas nesta página referem-se ao modelo mais recente.

Perguntas frequentes

Como posso ter certeza que o arco do meu violino é feito com crina autêntica e não sintética?

Devido às características peculiares da estrutura de seus fios, a crina de cavalo continua sendo a melhor matéria-prima para a confecção de arcos e mesmo com os avanços atuais na técnica de produção não existe ainda um material sintético capaz de reproduzir com exatidão todas essas propriedades.

Embora pareça difícil diferenciar um arco com fios de crina de um feito com filamento sintético, existe uma maneira realmente simples de identificá-los: o “teste de queima”.

Para realizar o teste basta um único fio que, após retirado do arco, pode ter sua ponta queimada rapidamente com ajuda de um fósforo, isqueiro ou qualquer outra fonte de chama. Ao ser queimado o fio irá exalar um odor característico de cabelo “chamuscado” caso seja de origem animal ou, em caso contrário, irá exalar odores sintéticos semelhantes ao de plástico quando derretido.

É importante lembrar que para realizar o teste o fio deve ser “virgem”, ou seja, sem que tenha sido utilizado breu anteriormente, ou a mistura de odores durante a queima poderá dificultar ou mesmo impedir sua identificação.

E para que não haja nenhuma preocupação com o bem-estar dos animais é válido esclarecer que o cavalo não sente qualquer incômodo durante o processo, que é simplesmente o de cortar os fios.

Por que o cavalete de um novo violino, viola ou cello vem desmontado?

Nossos instrumentos de cordas deixam a fábrica com cavaletes pré-ajustados mas embalados separadamente como forma de proteger o instrumento durante o transporte da fábrica para a loja e da loja para o consumidor final, uma vez que o mesmo poderia se soltar durante o transporte, quebrando ou deixando sinais no corpo do instrumento. Essa situação é ainda mais comum em caso de compra através de comércio online, que depende do serviço de outras transportadoras. Ademais, por uma característica própria do instrumento, o ato de ajustar o cavalete em sua posição ideal (centralizado entre os “F” do corpo) é algo que o músico deve dominar, pois seu deslocamento pode ocorrer com certa facilidade, acidentalmente ou no momento de afinar ou trocar cordas.

Algumas lojas, inclusive online, oferecem como serviço agregado a instalação do cavalete e regulagem do instrumento. Observe que nessa situação também podem ocorrer problemas durante o transporte até a casa do comprador.

Por essas razões, e se você está adquirindo seu primeiro instrumento e ainda não possui o conhecimento necessário, aconselhamos solicitar a ajuda de um professor ou a avaliação de um técnico especializado (luthier), que possa fazer o ajuste inicial de seu instrumento, além de revisões periódicas para mantê-lo sempre em sua melhor condição.

Instrumentos similares

Go to Top